Top dos mais postadores
216 Mensagens - 13%
216 Mensagens - 13%
198 Mensagens - 12%
186 Mensagens - 12%
159 Mensagens - 10%
147 Mensagens - 9%
130 Mensagens - 8%
118 Mensagens - 7%
118 Mensagens - 7%
114 Mensagens - 7%
Os membros mais ativos do mês
34 Mensagens - 18%
28 Mensagens - 15%
22 Mensagens - 11%
19 Mensagens - 10%
19 Mensagens - 10%
18 Mensagens - 9%
15 Mensagens - 8%
13 Mensagens - 7%
12 Mensagens - 6%
12 Mensagens - 6%
Grupo da DMR no Facebook

DMR - Marketing new
Rádio Cold Habbo

Fevereiro 2019
SegTerQuaQuiSexSabDom
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728   

Calendário

Buscar
Resultados por:
Busca avançada

Compartilhe
Ir em baixo
samuelthg
Mensagens : 159
Data de inscrição : 27/10/2018
Idade : 23
Localização : Fortaleza / CE
Ver perfil do usuário

[DMR] Regimento dos Guias

em Dom Dez 16, 2018 8:13 pm



Regimento dos Guias



Capítulo I - Introdução


Artigo Único: Abaixo, segue todas as regras referentes a função dos Guias [G]. É importante que todos os policiais que adentraram na função dos Guias leiam e sigam as regras citada no Regimento.

Capítulo II - Hierarquia

Artigo Único: A Liderança dos Guias organizou os cargos no formato de uma "pirâmide". Atualmente contamos com a seguinte divisão:

[L.G] - Líder dos Guias: Responsável pela administração do grupo, mantendo a organização e inovando o Departamento. O L.g pode aplicar todos os treinamentos.

[V.LG] - Vice-Líder dos Guias: É o braço direito do líder, ajudando na organização e podendo auxiliar em qualquer função dentro do Departamento. O VL.g pode aplicar todos os treinamentos.

[A.Lg] - Auxiliar da Liderança dos Guias: Responsável por confeccionar a planilha dos Guias, colocando a pontuação de todos os Guias que estão competindo na meta semanal. Efetuará a conferência do relatório dos Fiscalizadores dos Guias, verificando se não ficou nenhum Guia Inapto sem ser postado. Após a confecção da planilha, deve entregar  à liderança conforme dia e horário estabelecido. Alguns A.lg’s poderão aplicar treinamentos mais avançados, mas, para isso, é necessário ter sido aprovado na Escola de Comando e Estado Maior.

[F.G] - Fiscalizador de Guias: Confere os Guias que não atingiram a meta semanal e postam o relatório em Central de Guias. Aplica aula para Guias, ESFO e ESAO. Também deverá fiscalizar as aulas de todos os Guias da DMR e apresentar um relatório semanal das aulas fiscalizadas. O F.g será responsável por apresentar qualquer infração dos Guias para a Liderança.

[G] - Guias: Responsável por aplicar aulas para o corpo de Praças da DMR. Ministra os treinamentos de TRec, TC, TS, TF1 e IC. 


Capítulo III - Requisitos para a Função

Líder dos Guias

General com ECEM

Vice-Líder dos Guias

Coronel com ECEM

Auxiliar da Liderança dos Guias

Major com ACG

Fiscalizador dos Guias

Tenente com ESAO

Guia

Subtenente com TF1 

Capítulo IV – Regras Principais

Artigo 01 - Os Guias devem ter uma ortografia excelente, evitar o uso de abreviações e manter o uso do negrito. Sua postura de Guia deve ser exemplar. Tanto com os Recrutas, como os outros policiais. Por isso evite brincadeiras, confusões ou qualquer outra coisa que possa te prejudicar e a empresa em geral.

Artigo 02 - Na sala de aula, o guia deve manter a mesma postura de comportamento que foi citada acima. porém com mais ressalvas. Além daquilo que foi citado acima, o Guia deve tratar os civis de forma imparcial e justa.

Artigo 03 – Todos os Guias da DMR possuem uma meta semanal de aulas a ser cumprida. A pontuação de aulas ministradas é computada automaticamente pelo fórum, à medida que é postado o registro das aulas. Todos os membros do Departamento de Guias participam da contagem dos pontos.

Artigo 04 – Estão isentos da meta de aulas ministradas: Oficiais Superiores, Líderes e Vice-Líderes de outros Departamentos.

Artigo 05 – Os A.Lg’s e F.g’s também terão a pontuação computada e se ocuparem o ranking de 1º, 2º ou 3º lugar dos Guias destaques, receberão a bonificação no pagamento.

Artigo 06 - A meta de pontuação de aula dos Guias, A.Lg’s e F.g’s encerra todo sábado às 18h (horário de Brasília). A partir desse horário, os F.g’s deverão apurar a pontuação de cada Guia da empresa e postar somente os Guias inaptos, conforme modelo de postagem e até às 20h do sábado (horário de Brasília). Após isso, os A.Lg’s deverão confeccionar a planilha que deverá ser entregue  até às 12h (horário de Brasília) do domingo. Com o fim da contagem, os pontos são zerados pelo L.g ou V.Lg e dá-se início a mais uma semana.

Artigo 07 - Conforme Estatuto da DMR, é proibido aplicar os treinamentos em salas que não sejam da DMR. Falta grave que será punida.

Artigo 08 - Sempre que for aplicar um treinamento no corredor, a luz da sala deve ser acesa ao iniciar a aula e apagada ao seu término.  

Artigo 09 – É proibido sair do Departamento de Guias. Pois como consta no Artigo 3 do Estatuto da DMR: “Aspirante - Pode ser promovido após 4 dias de trabalho no cargo + Guia + ESFO”, o militar só poderá entrar para o corpo de oficiais se for Guia. Caso o militar que saia do departamento seja Subtenente ou Aspirante, será rebaixado uma patente e terá que refazer o Treinamento para Guias novamente.


Capítulo V - Obrigações dos Membros do Departamento


Artigo 01 - [A.Lg]: O Auxiliar da Liderança dos Guias deverá confeccionar e entregar semanalmente a planilha completa e assegurando que cada pontuação esteja correta. Após entregue, deverá mandar uma mensagem privada (MP) no fórum para cada Guia inapto, pedindo que seja justificado o não cumprimento de sua meta semanal até a segunda-feira às 12:00 (horário de Brasília). Após a justificativa coletada, deverá colocar por escrito na planilha dos Guias. 

Artigo 03 - [F.G]: O Fiscalizador de Guias terá como objetivo principal, apurar corretamente a pontuação dos Guias que não atingiram a meta de pontuação de aula e postar, no dia e horário estabelecido pela Liderança no Capítulo III deste regimento. O(s) relatório(s) deverá(ão) ser postado(s) em [DMR] Relatórios Semanais F.g [Para F.g]. Também deverá fiscalizar as aulas de todos os Guias da DMR e apresentar um relatório semanal das aulas fiscalizadas. O Fg será responsável por apresentar qualquer infração dos Guias para a Liderança.

Capítulo VI - Como Fiscalizar uma Aula

Para fiscalizar uma aula, deve-se estar atento:

Com a forma que o Guia trata seus alunos, se é paciente, explica detalhadamente e retira todas as dúvidas;
Se o Guia possui uma boa ortografia, fator primordial para execução de suas atividades;
Se o Guia possui conhecimento para retirar todas as dúvidas extras dos Praças ou Oficiais;
Se o Guia postou a aula e passou o registro corretamente ao Praça ou Oficial;
Se o Guia é dinâmico, proativo mas ao mesmo tempo sabe ser pulso firme. Principalmente com os Recrutas, que na maioria dos casos procuram badernas.


Capítulo VII - Metas

Artigo 01 - [A.Lg]: Apresentar a planilha dos Guias completa e correta para a Liderança conforme horário estabelecido no Capítulo III.Atingir 5 pontos de aula, sendo que no mínimo uma deverá ser Guia, ESFO, ESAO, TF2, ACG ou ECEM.

Artigo 02 -  [F.G]: Confeccionar o relatório semanal da meta dos guias, postando os guias inaptos. Atingir 5 pontos de aula, sendo que no mínimo uma deverá ser Guia, ESFO, TF2 ou ESAO.

Artigo 03 - [G]: Atingir 5 pontos de aulas.

Capítulo VIII - Pontuação de Aulas e Premiações

Artigo 01 - Com o novo sistema de pontuação de aulas, o Guia, A.Lg e F.g devem atingir a pontuação de 5 pontos semanais. 

Abaixo temos a pontuação de cada aula ministrada:

- Aplicar aula de Formação para Soldados: 1 ponto

-Aplicar aula de Treinamento para Cabos (TC) : 3 pontos

-Aplicar aula de Treinamento para Sargentos (TS) : 1 ponto

-Aplicar aula de Treinamento para Subtenentes (TST): 1 ponto

-Aplicar aula de Treinamento para Contratados (IC): 3 pontos

- Aplicar aula de Formação para Guias: 2 pontos

- Aplicar ESFO: 1 ponto

- Aplicar ESAO: 2 pontos

- Aplicar TF2: 2 pontos

- Aplicar ACG: 1 ponto

- Aplicar ECEM: 2 ponto

Artigo 02 - Prêmios: os 3 GUIAS destaques (quem atingir a maior pontuação) receberão os seguintes prêmios:

- 1० Lugar: 3c

- 2० Lugar: 2c

- 3० Lugar: 1c

Artigo 03 - Os prêmios serão dados aos domingos após a reunião, quando os líderes da companhia tiverem a pontuação completa. Caso o Guia não consiga estar presente, poderá receber até a segunda-feira às 23:59.


Capítulo IX - Aplicação de Treinamentos

Artigo 01 - O Treinamento de Recrutas é aplicado após a pré-aula ministrada por Sargentos com TS acima. Possuindo três recrutas na pré-aula, o Guia já pode encaminhá-los e aplicar o TRec. Caso a chegada do terceiro Recruta demore, o Sentinela pode solicitar ao OC que a aula seja iniciada.

Artigo 02 - O Treinamento para Cabos é aplicado após possuir no mínimo dois e o máximo três Cabos sem o TC em base. Peça sempre permissão ao OC. Exceções são permitidas, com a devida autorização.

Artigo 03 - O Treinamento para Sargentos é aplicado após possuir no mínimo dois e o máximo três Sargentos sem o TS em base. Peça sempre permissão ao OC. Exceções são permitidas, com a devida autorização.

Artigo 04 - O Treinamento para Contratados é aplicado após possuir no mínimo dois e o máximo três Contratados sem o IC em base. Peça sempre permissão ao OC. Exceções são permitidas, com a devida autorização.

Artigo 05 - O Treinamento para Subtenentes é aplicado após possuir no mínimo dois e o máximo três Subtenentes sem o TF1 em base. Peça sempre permissão ao OC. Exceções são permitidas, com a devida autorização.

Artigo 06 - O Treinamento para Aspirantes é aplicado após possuir no mínimo dois e o máximo três Aspirantes sem o ESFO em base. Peça sempre permissão ao OC. Exceções são permitidas, com a devida autorização.


Artigo 07 - O Treinamento para Tenentes é aplicado após possuir no mínimo dois e o máximo três Tenentes sem o TF2 em base. Peça sempre permissão ao OC. Exceções são permitidas, com a devida autorização.

Artigo 08 - O Treinamento para Capitães é aplicado após possuir no mínimo dois e o máximo três Capitães sem o ESAO em base. Peça sempre permissão ao OC. Exceções são permitidas, com a devida autorização.

Artigo 09 - A Avaliação de Conhecimentos Gerais é aplicada todas as terças, quintas e sábados nos horários de 14:30 e às 20:00 no horário de Brasília para Majores. Os reprovados poderão refazer o treinamento após 8 dias.

Artigo 10 - A Escola de Comando e Estado Maior é aplicada todas as segundas, quartas e sábados nos horários de 13:00 e às 20:00 no horário de Brasília para Tenentes-Coronéis. Os reprovados poderão refazer o treinamento após 6 dias.

Capítulo X - Notificações e Advertências

Artigo 01 - As notificações são punições aplicadas aos Assistentes, Auxiliares, Avaliadores e Fiscalizadores de Guias e aos Guias do Departamento em caso do não cumprimento da sua função e das regras contidas neste regimento. As notificações são punições aplicadas mediante a infrações leves. Caso o membro receba 3 notificações, causará 1 advertência.

Aplica-se em caso de:

- Caso o instrutor esqueça de postar a aula ministrada, aplica-se 1 notificação;
- Caso a postagem do relatório esteja fora do modelo, aplica-se 1 notificação;
- Caso o nick do militar seja postado incorretamente, aplica-se 1 notificação;
- Caso um militar do Departamento de Guias aplique uma notificação ou advertência a outro militar do mesmo departamento, ele receberá 2 notificações, pois só os líderes do departamento podem fazer isso;
- Caso o instrutor deixe a luz do corredor acesa ao término da aula, aplica-se 1 notificação;
- Caso o instrutor não acenda a luz do corredor ao iniciar uma aula, aplica-se 1 notificação.

Artigo 02: Advertências: As advertências são punições aplicadas mediante a infrações graves. Caso o membro receba o montante de 4 advertências, será expulso do departamento podendo realizar o Treinamento para Formação de Guias após 15 dias da expulsão.

Aplica-se em caso de:

- Caso o relatório semanal não seja entregue, sem uma justificativa plausível, aplica-se 2 advertências;

- Caso o relatório da meta de Guias esteja errado, faltando nomes de guias ou com pontuações erradas, aplica-se 1 advertência;

- Caso um membro do Departamento de Guias se recuse a dar aula sem nenhuma justificativa, e seja comprovando através de prints, aplica-se 3 advertências;

- Caso um militar que já tenha recebido o treinamento de sua patente, não saiba exercer a função que lhe foi ensinada, o instrutor da aula receberá 2 advertências e deverá aplicar o treinamento novamente com a fiscalização de um superior;

- Caso o instrutor aplique ACG e ECEM fora do horário marcado sem a devida autorização do Líder ou Vice-Líder dos Guias, aplica-se 1 advertência e afastamento de 1 semana da função de aplicador desses dois treinamentos;

- Caso o instrutor faça a postagem da aula no tópico do script, aplica-se 1 advertência;
- Se um instrutor, recusar-se a dar aula, com a justificativa de que está pelo celular, receberá 1 advertência, visto que, já existe uma vídeo aula que ensina a dar aula através de um aparelho móvel;

- Caso seja comprovado que o militar esteja forjando aula, receberá 4 advertências. Após refazer o treinamento de Guias e voltar a trabalhar no departamento, deverá cumprir na primeira semana a meta de 10 pontos de aulas ministradas. Se o militar não cumprir os 10 pontos, na primeira semana de trabalho no departamento, ocasionará novamente sua expulsão;

- Se o instrutor aplicar o treinamento em salas que não sejam da DMR, aplica-se 1 advertência;

- Se o instrutor aplicar ACG ou ECEM ao aluno reprovado antes do prazo, aplica-se 2 advertências.

Artigo 03: As notificações e advertências poderão ser aplicada somente pelo Líder dos Guias (IceSpike) e a Vice-Líder dos Guias (Bisaun).

Capítulo XI – Cursos Necessários para Promoção

Artigo único: Se fazem necessários curso específicos para o policial ser promovido, sendo assim o Oficial promotor deve, atentar-se para as particularidades de cada patente dispostas abaixo:

Contratado - Necessário fazer a Instrução de Contratados - IC <IC>. Após isso, o As.Lg, Ax.Lg e/ou F.g poderá aplicar o treinamento para Formação de Guias, se o contratado for Subtenente acima (<IC>)
Cabo – Necessário Treinamento de Cabos – TC ( <TC>).
Sargentos – Necessário Treinamento de Sargentos – TS (<TS>).
Subtenente – Necessário Treinamento Funcional 1 – TF 1 ( <TF 1>). 
Aspirante - Necessário Escola de Superior de Formação de Oficiais – ESFO (<ESFO>).
Tenente - Necessário Treinamento Funcional 2 – TF2 (<TF2>). 
Capitão - Necessário ESCOLA DE APERFEIÇOAMENTO DE OFICIAIS – ESAO (<A>).
Major – Necessário Avaliação de Conhecimentos Gerais – ACG (<ACG>).
Observação: Vale-se ressaltar que o curso poderá ser feito na patente de Capitão, não impedindo a promoção do Tenente a Capitão, somente de Capitão a Major. 
Tenente-Coronel - Necessário Escola de Comando e Estado Maior - ECEM (<EM>).
Coronel / General – Necessário ACADEPOL

Capítulo XII - Considerações finais

Artigo único: As regras descritas acima podem ser alteradas sem aviso prévio, portanto, atualizem-se sempre a cada 15 dias.



_________________
Atenciosamente, 

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum